sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Ballet Clássico Infantil


Trabalho para que meus alunos desenvolvam a capacidade de pensar, viver de forma criativa e crítica, com sensibilidade para apreciar , perceber e interagir com a arte. 
Por isso deve se respeitar a faixa etária e as limitações de cada criança, para que aprendam com prazer, vontade, sem se sentir pressionada pelos pais e/ou professores.
Devemos provar que a dança é para todos. Não importa se ela tem ou não habilidades, talento ou vocação, pois isso ainda será desenvolvido com o tempo.


Baby Class - faixa etária de 3 a 6 anos


Nesta idade a Linguagem desenvolvida é que modifica os aspectos intelectual, afetivo e social da criança. Por isso deve se ter clara, mostrando sempre a finalidade de cada exercício por meio da fantasia (fase dos porquês), para desenvolver o interesse no aprendizado do ballet. Se isso não for realizado, a aluna se sente desmotivada, se desinteressando pela aula e criando hábitos incorretos, que futuramente pode ser difícil de se desfazer.
É misto de amor e temor. Com relação às regras, mesmo nas brincadeiras devem ser bem determinadas. Mais tarde vão se elaborando, mostrando como necessária. Como organizar o brinquedo.
Também passa a ser mais elaborada a coordenação fina (escrita, pegar pequenos objetos com as pontas dos dedos, segurar o lápis corretamente e conseguir fazer os delicados movimentos exigidos pela escrita), que é muito importante ser iniciada cedo.

Aula de Baby Class
Estes são alguns exercícios que eu aplico na aula, as musicas eu irei postar mais para frente. Espero que gostem!
  • Primeiramente, ainda antes de entrar na sala, faço uma fila com elas por ordem de chamada, cada dia é uma bailarina na frente, evitando as confusões entre as alunas.
  • Em fila elas entram na sala na pontinha do pé (meia ponta) devagarinho sem tropeçar ou empurrar a colega.Quando todas já entraram se posicionam (ainda em fila) na primeira posição ( dizer a ela que os calcanhares estão se beijando) e aguardam a música. Então andam na meia ponta, calcanhar, fazendo passé e skip.
  • Pode-se fazer o "trenzinho". Ainda em fila, as alunas ficam próximas segurando as mãos no cotovelo da colega da frente e mexe um um braço de cada vez, fazendo a mesinha (souplés para frente) e molejo.
  • Após a fila, formamos uma roda e cantamos juntas a musiquinha da Roda da Bailarina (uma professora havia inventado e passou este conhecimento a mim). Irei escreve-la, o ritmo é rapinho e fácil mas pode ser variado.   

Gira bailarina giira
Gira na pontinha do pééé
Gira bailarina giira
Gira na pontinha do pééé
(a professora pede  e as meninas respondem)
A Bailarina faz: plié
A Bailarina faz: plié
Gira bailarina giira
Gira na pontinha do pééé
Gira bailarina giira
Gira na pontinha do pééé
A Bailarina faz: elevé
A Bailarina faz: elevé
Gira bailarina giira
Gira na pontinha do pééé
Gira bailarina giira
Gira na pontinha do pééé
A Bailarina faz: passé
A Bailarina faz: passé
Gira bailarina giira
Gira na pontinha do pééé
Gira bailarina giira
Gira na pontinha do pééé
A Bailarina faz: souté
A Bailarina faz: souté
  • Cantam a música para sentar:

A bailarinana
Tem que sentartartar
Bem bonitinhanha

Suas costas esticar 
Seu nariz empinar

  • Brincadeira da borboleta: uma bailarina fica de pé e o resto sentadas fazem a borboleta. A de pé vai andar de acordo com as instruções (na meia ponta, calcanhar, passé, skip, pás de chat - na sexta posição é mais fácil para a idade delas) e mexer os braços como o da borboleta. 
  • A clássica borboletinha, cheira o chulé, que fica tonta (balança para o lado), quebra uma asinha (estica uma perna para frente), e passa remedinho e da um beijinho pra sarar.
  • Trabalho o pé flex e ponta como: pé de palhaço, pé de bailarina ( quando o pé delas caí, eu digo que é pé de capitão gancho, porque é feio e pode machucar o pé delas futuramente - no presente também).
  • Para terem mais flexibilidade que possui, faço o seguinte oito vezes com cada parte (com uma música alegre para não cansarem, não enjoativa): 
1° parte

Bate
Abre
Bate 
Fecha

2° parte

Bate 
Abre
Encosta lá na frente
Bate 
Fecha
Encosta lá na frente
  • Outro exercício juntamente com um tipo de abdominal simples, sem que as machuque e que elas achem que é outra brincadeira é o seguinte:
1,2,3 
( Bate palmas conforme números, descendo o corpo como se fosse deitar, e as mão quando diz cotovelos)
Ficou, ficou 
Abriu 
(sai do abdominal, abre as perninhas e encosta a barriguinha no chão - ficando com as costas esticadinhas)
E fechou

  • Com as perninhas abertas, elas escutam o joelhinho (souplés nas perninhas). Depois a formiguinha (souplés para frente) - faz de conta que está com uma formiga nas mãos e ela foge lá na frente das pernas, vão mexendo os dedinhos, como a formiga anda  para pega-la, até encostar a barriga no chão, e faz de conta que pegou a formiguinha mas ela fugiu de novo ( e de novo, de novo...), até que então ela fugiu muito longe, então elas devem passar o "bicho", levantar o bumbum e ir para frente, e fazer o "sapinho dorminhoco" que é dobrar os joelhos, encostar um pé no outro e o bumbum no chão, encaixadinhas. Fazer também o sapinho acordado (encostar os pés na cabeça). O "barquinho" - por as mãos nos pés e balançar para frente e para trás). E volta o "bicho" ( abre as perninhas,levanta o bumbum e volta).
  • Faz a "vela", que é levantar as perninhas esticadas, juntinhas, levantando o bumbum. Fazer a "bicicleta" com as pernas esticadas para cima e fazer o movimento de pedalar.
  • Levantar e fazer o "aviãozinho" (arabesque), e hastear a "bandeira" (panché com mãos no chão).
  • De pé, arrumo elas em janelinhas, na primeira posição dos pés e mãos na cintura. Então elas fazem:
Plié
Elevé
Plié
Elevé
Mostra o pé direito ( tendu)
Mostra o pé esquerdo

  • Na diagonal, elas adoram "pular as poças de água" (os saltos - grand jeté). Na escola de dança, temos almofadinhas fininhas, com o tamanho dos passos dela, uso duas delas para as incentivar, fazendo de conta que essas são as "poças de água" a pular.
  • E finalmente a brincadeira de verdade, dentre muitas selecionei as que eu mais utilizo:

  • Coelhinho saiu da toca, usando os bambolês como toca, podendo assim brincar com ele separadamente;

  • Fazer charadinhas de animais, e imitar cada um desses, de forma que o ballet:

1) Qual é o animal que que possui sois dente enormes, adora cenoura, de rabinho curto, tem orelhas grandes e olhos vermelhos?
R: Coelho. Pular (souté) com as mãos na cabeça imitando as orelhas.

2)Qual é o animal que é bravo, grande, tem bafo e uma juba enorme?
R: Leão. Imita-lo no chão catinhando, mostrando as guarras e fazer o barulho que ele faz.

3)Qual é o animal que anda devagarinho, tem um casco nas costas que é a casinha dele e é verde?
R: Tartaruga. De pé por as mãos nos tornozelos e andar lentamente.

4) Qual é o inseto que possui duas asinhas, é amarelo com preto, sua picada machuca e voa de flor em flor pra pegar o pólen pra fazer o mel na colmeia ?
R: Abelha. Andar na pontinha do pé, com o corpinho um pouco para frente, mãos atrás mexendo e fazendo o barulho: zzzzzzzzz...

5) Qual é o animal que tem um pescoção?
R: Girafa. Andar na pontinha do pé, com braços para cima trocando de lado, mãos se encostando e com o pescoço bem esticadinho. Bem elegante.

6) Qual o animal que é grande e pesado, com duas orelhas enormes?
R: Elefante. Pisando forte pra fazer barulho, flexionando os joelhos. Fazer o clássico nariz de elefante ( um braço para frente e a outra mão passando pelo lado de fora dele e segurando, de leve, o nariz.

7)Qual é o animal que é verde, nada na lagoa e pula bem alto?
R: Sapo. Se agachar na primeira posição dos pés com as mãos no chão e pular abrindo as perninhas e os bracinhos.

8) Qual é o animal que voa de flor em flor para sentir o perfume, e possuem duas asas grandes e coloridas, que são muito bonitas?
R: Borboleta. Na meia ponta fazendo o bracinho de borboleta.

9) Qual é o animal que anda de costas?
R: Caranguejo. De barriga para cima, mão e pés no chão e andar de costas.

10) Qual é o animal de pelo macio, rabo comprido, bigodes grandes, e consegue pular de um muro bem alto e cai em pé sem se machucar e faz miau?
R: Gato. Andar no chão, rastejando uma perna de cada vez com guarras, e imitar com miau.

  • Ou então coloco músicas infantis para brincar de estátua, stop, pose, de dia de apresentação, etc.

  • A história da serpente.

No final da aula faço com elas uma oração com gestos (inventada também por minha professora que me passou):

Obrigado Jesus, que eu sou menininha!
Tão bonitinha!
Que eu tenho perninhas
Que eu tenho olhinhos
Que tenho bracinhos
De um anjinho.
Amém.

13 comentários:

  1. Oi Onde vc esta suas dicas que postou só uma vez é demais revolucionaria ,gostaria de entrar em contato com vc....

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, excelente trabalho.
    Adélia do Ballet da Pedra de Guratiba RJ.
    Adélia

    ResponderExcluir
  3. Parabéns adorei... Gostaria de receber mais dicas...Para baby class... pois vou me formar

    ResponderExcluir
  4. nos.ensina.essas.musicas...POR.FAVOR!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Muito boa mesmo...estou iniciando as aulas de balé em fevereiro e vai me ajudar bastante....Idéias muito boas, incluindo a oração no final...vou levá-la para minha aula!

    ResponderExcluir
  6. entre em contato comigo por favor ! muito boas as dicas ! (84)987123318- Falar com Rayssa (Mulher do Jonathas)! se poder entrar em contato agradeço desde já !

    ResponderExcluir
  7. Dicas muito boas!!!
    Estou iniciando aulas de ballet e essas dicas vão me ajudar muito!
    Quais músicas você usa durante as aulas?

    ResponderExcluir